quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Mensalão, o maior mentirão da história deste País

Aproveitando essa análise feita por Alyda Sauer, acrescento a necessidade de fazermos uma vigília intensa durante todo o processo de julgamento, mesmo que virtual, com alguns momentos de manifestação presencial em espaços públicos que repercuta a nossa indignação contra essa manipulação, como bem disse Alyda: "aberração jurídica, com motivação exclusivamente política, insuflada pela mídia, que pode acontecer com qualquer um de nós,...". E acontece justamente às vesperas de uma eleição municipal.


Por Alyda Sauer

somos todos réus nesse julgamento kafkiano...
digamos que o síndico do prédio onde moro fosse um coronel da pm. digamos que eu comparecesse a uma reunião do condomínio e defendesse os faxineiros contra a exploração e o não cumprimento das leis trabalhistas. digamos que o coronel forjasse uma "denúncia anônima" e montasse um esquema com um juiz para obter um mandado de busca no meu apartamento como vingança. digamos que os meganhas plantassem um quilo de cocaína e me levassem "presa em flagrante", ou para responder a "investigações", tanto faz. no inquérito não teriam testemunho de nenhum/a conhecido/a meu/minha que comprovasse a minha relação com o tráfico. mas os moradores do condomínio espalhariam pela vizinhança que eu era traficante. meu sigilo bancário, telefônico seriam quebrados. invadiriam minha vida de cabo a rabo. não encontrariam nada, nenhuma prova além da cocaína plantada. mesmo assim a minha reputação estaria destruída. eu seria levada a julgamento e mesmo que fosse inocentada, passaria a vida inteira tendo de repetir que meu nome não é manuel e que não moro em niterói.
Essa historinha simples e direta serve para entender que o que está acontecendo com os réus desse julgamento da ap 470, especialmente no caso de José Dirceu e José Genoino, pode se tornar uma aberração jurídica, com motivação exclusivamente política, insuflada pela mídia, que pode acontecer com qualquer um de nós, que aliás acontece, só que agora a suprema corte estaria chancelando isso em patamares perigosíssimos da república, da constituição, da democracia e do estado de direito.
Por isso essa causa, pelo julgamento cristalino, de acordo com os autos e as provas, se elas existirem de fato, deve ser bandeira de todos os cidadãos, de esquerda ou de direita, de todos os advogados, de todos os políticos, independente de partidos, dos que têm simpatia pela história de Dirceu e Genoino ou não, de todos nós brasileiros. porque são os nossos direitos que estão em jogo, cada um de nós está lá no tribunal, sentado no banco dos réus.
Postar um comentário