sexta-feira, 18 de maio de 2012

Militares lá e cá.

De uma amiga indignada, recebi a incumbência de comentar essa mensagem do Presidente dos Estados Unidos, seguida de comentário de um entusiasta da ditadura nazifascista que vitimou o país entre as décadas de 60 à 80 do século passado. Respondi na sequência:

Para que servem os militares?


Para aqueles que às vezes aparecem pondo em dúvida para que servem os
militares. Obama deu a resposta....
Isto no país mais democrático do mundo!!!

"...É graças aos soldados, e não aos sacerdotes, que podemos ter a religião
que desejamos. É graças aos soldados, e não aos jornalistas, que temos
liberdade de imprensa. É graças aos soldados, e não aos poetas, que podemos
falar em público. É graças aos soldados, e não aos professores, que existe
liberdade de ensino. É graças aos soldados, e não aos advogados, que existe
o direito a um julgamento justo. É graças aos soldados, e não aos políticos,
que podemos votar..."
BARACK OBAMA no MEMORIAL DAY


Dedicado àqueles que perguntam:

“Para que servem os militares?”

(E é justamente pelo fato de os soldados brasileiros haverem sido
desacreditados que este PAÍS vive mergulhado na anarquia, governado
por incontáveis quadrilhas de bandidos, instalados nos poderes Executivo,
Legislativo e Judiciário).
 
"  O tempo é um rio de surpresas. "


Minha resposta:

Querida...

O que comentar sobre as palavras do cacique de uma nação guerreira que há décadas mata e mutila tantas crianças em todos os continentes, trucidando homens e mulheres, velhos e inocentes?

Pra quê?

Pra eles lá se mentirem cristãos? Para usarem a imprensa livremente enganando o próprio povo que acredita que liberdade é o direito de adquirir quinquilharias da indústria capitalista que os polui e inviabiliza o meio ambiente que roubaram dos índios ou dos mexicanos e onde têm de viver consumindo, alheios e alienados aos próprios e outros miseráveis rejeitados pelo mundo afora?

Qual poesia retiram do choro dos órfãos que multiplicam por toda parte, apenas para que um garoto de Wyoming ou Ohio possa engordar ao mórbido, comendo a carne podre dos x-hamburguês?

Que ensino é esse que faz a classe média da população apontar o Irã na Austrália e ignorar o próprio idioma?

A qual julgamento justo se refere Obama?

O que matou seu colega John Kennedy? Ou o que matou Martin Luther King?

Será o que condenou Malcom X? Ou o que condenou Emmet Louis Till ao massacre por uma branca ter acreditado que assoviara para ela?

Será pela julgamento da liberdade que mataria Stokely Carmichael se não encontrasse asilo em Cuba?

A que políticos se refere Obama, se como presidente dos Estados Unidos desconhece a historia doo próprio povo e país?

Quanto ao parêntese do idiota brasileiro: sem comentário.
 
Raul Longo
Postar um comentário